PESQUISAR POR LG, SIA OU NOME

Bolsa de Terras


A bolsa de terras tem como objetivo facilitar o acesso à terra através da disponibilização de terras, designadamente quando as mesmas não sejam utilizadas, e, bem assim, através de uma melhor identificação e promoção da sua oferta.


A DGADR - Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, enquanto entidade gestora operacional da Bolsa de Terras, informa que o processo de operacionalização da Bolsa de Terras, foi agora complementado através da autorização de 225 entidades idóneas, pelo Ministério da Agricultura e do Mar, para a prática de Atos de Gestão Operacional. Estas entidades, individualmente ou em parceria, atuarão ao nível local e nacional, visando a promoção e facilitação da adesão à bolsa de terras, bem como a respectiva utilização. As entidades encontram-se autorizadas a praticar os seguintes atos de gestão operacional:
    - Divulgação e dinamização da bolsa de terras;
    - Prestação de informação sobre a bolsa de terras;
    - Promoção da comunicação entre as partes interessadas;
    - Verificação da informação relativa à caracterização dos prédios prestada pelos proprietários que os disponibilizem na bolsa de terras;
    -  Envio de informação à DGADR, para disponibilização de prédios na bolsa de terras
    -  Celebração de contratos de disponibilização de prédios na bolsa de terras.

Através do endereço www.bolsanacionaldeterras.pt, pode ser consultada a lista completa das entidades autorizadas, bem como outras informações sobre a bolsa de terras.